Ultimamente, ter que maneirar em um alimento ou cortá-lo de vez do cardápio vem se tornando uma realidade para muita gente, os casos de alergia alimentar aumentaram bastante e esse assunto ainda gera muitas dúvidas.

Segundo dados do Departamento de Comissão Científica de Alergia Alimentar da Associação Brasileira de Alergia e Imunologia (ASBAI), a condição alérgica atinge cerca de 5% da população adulta e cerca de 8% da população infantil. E, a maioria das vezes, as pessoas que sofrem com uma dessas condições não sabem identificar se é alergia ou intolerância.

Quando é alergia alimentar?

Quando uma pessoa sofre de alergia a algum alimento, isso significa que o organismo está encarando as proteínas específicas de um alimento como um inimigo e envia células de defesa para barrá-las. Nessa situação, o corpo acaba sofrendo diversas reações, como, por exemplo: inchaço nos lábios, coceira, tosse, falta de ar e diarreia, e estes sintomas costumam aparecer logo após a ingestão do alimento.

Quando é intolerância alimentar?

Já nesse caso, o organismo tem dificuldade de processar determinado alimento. Dessa forma, é como se ele não conseguisse entender que comida está sendo ingerida e, ao longo do tempo, se esforce tanto para digeri-la que desgasta a mucosa do intestino.

Os casos de intolerância são muito mais frequentes que os de alergia. Além disso, seus sintomas são de menor intensidade e não costumam ter uma reação imediata.

Diferente da alergia, a intolerância alimentar permite que a pessoa consuma um pouco da substância não tolerada, mas, para isso, é preciso ter a orientação de um profissional.

Conhecer as diferenças entre a alergia e intolerância alimentar é super importante para prevenir maiores complicações. O nosso teste Nutrifit oferece um relatório completo sobre a predisposição a intolerâncias e sensibilidade aos alimentos.

Seu DNA sabe muito sobre você, inclusive a forma como você absorve os alimentos e pode tirar melhor proveito dos exercícios físicos!

As informações contidas neste site são fornecidas apenas como divulgação de informações gerais e não substituem o aconselhamento médico profissional, o diagnóstico ou o tratamento de um profissional de saúde qualificado. Sempre procure o conselho de seu médico ou profissional de saúde quando tiver dúvida sobre ingestão de medicamente ou condição de saúde.

WhatsApp chat